Quero Continuar aprendendo sobre mergulho, e agora? - Parte II

Comecei a mergulhar, os primeiros mergulhos foram ótimos, superei a apreensão inicial e estou gostando deste hobby, de estar em contato com a natureza e da galera que vai nas viagens que tem um astral ótimo.
Meu instrutor durante o curso comentou diversas vezes sobre outros cursos que podemos fazer, mas fiquei na dúvida sobre como prosseguir, afinal sinto que tenho mais coisas a aprender, então surge a dúvida, qual a melhor opção?

No post da semana passada, contei um pouco sobre a história do desenvolvimento dos cursos de mergulho recreacional e também sobre os cursos de educação continuada.

Neste post vamos falar sobre os cursos de especialidade e os cursos de mergulho técnico e de caverna.


Cursos de Especialidade


Existem outras habilidades e conhecimentos ligados ao mergulho que não são abordados na Educação Continuada. O mergulho e as atividades que podemos desenvolver dentro d'água não tem fim e seria muito difícil cobrir todos esses temas um dois ou três cursos, é nesse panorama que entram em cena os Curso de Especialidade.


Estes cursos tem como principal objeto expandir o conhecimento do mergulhador em algum aspecto muito específico do mergulho, aspectos que talvez não sejam de interesse de todos os mergulhadores ou que precisam de uma dedicação de tempo maior ou ainda que se aplicam apenas a algumas situações específicas.


Como exemplos de Curso de Especialidade temos por exemplo o Curso de Nitrox, onde vamos aprender sobre misturas de gás com mais oxigênio que o ar comprimido e que nos permite um tempo Não Descompressivo maior. Ou então o Curso de Naufrágio onde vamos aprender mais a fundo sobre conservação e segurança e também como fazer com segurança o mergulho nestas estruturas. Abaixo uma lista dos cursos de especialidade mais populares




Não necessariamente as certificações de mergulho de especialidades são exigidas quando realizamos um mergulho, entretanto quando existem condições de segurança para poder realizar o mergulho é obrigatório apresentá-la, caso notório é o mergulho utilizando Nitrox, já por exemplo quando você mergulha com uma câmera é muito improvável que alguma operadora irá lhe impedir de mergulhar com sua própria câmera ou então alugue uma caso não apresente certificação de Curso de Fotografia.





Salem Express - Mar Vermelho


Então quando consideramos fazer Cursos de Especialidades existem quatro motivadores básicos:


- Desejar aprender uma técnica nova, para poder fazer uma viagem específica

  • Por exemplo para mergulhar entre as placas tectônicas em Silfra na Islandia , geralmente se é preciso apresentar ter um curso de Dry Suit Diver

  • Vou passar uma semana mergulhando em Bonaire o num liveaboard em Galápagos e quero aproveitar ao máximo cada minuto dos mergulhos, não deixe de fazer o curso de Nitrox e de Profundo.

- Desejar aprender uma técnica nova para um mergulho em especial

  • Por exemplo para mergulhar em Naufrágios com pequenas penetrações, indica-se o curso de Naufrágio.

- Conhecer mais sobre um tema que se fossemos tentar aprender sozinhos no processo de erro-acerto iriamos levar muito mais tempo e gastar mais dinheiro do que sob a supervisão de um profissional qualificado e contando com um sistema de ensino estruturado

  • Por exemplo, para tirar o máximo proveito da nossa câmera de foto/vídeo um bom curso de Foto e Vídeo Subaquático é recomendo.

- Para mergulhar com equipamento diferente do usando regularmente no mergulho recreacional

  • Três exemplos clássicos são os cursos de DPV/Scooter, Sidemount e Máscara Full Face

Os cursos de especialidades são quase um mundo a parte, inclusive existem cursos específicos criados por instrutores ou Dive Centers altamente especializados e que são sancionados pelas certificadoras, quer ver um mergulho curso/mergulho diferente? Que tal, mergulhar num silo de mísseis balísticos da era da Guerra Fria? Dá uma olhada nesse link.


Cursos de Mergulho Técnico e Caverna


Os Cursos de Mergulho Técnico e Caverna são bastante parecidos com os cursos de especialidade com relação as motivações que levam à alguém procurar o curso, ou seja:

  • acessar pontos de mergulhos diferentes

  • aprender novas técnicas

  • gosto pelo desafio em termos de habilidade e capacidade

  • gosto pelos aspectos técnicos e tecnológicos destes mergulhos


Carvernas da Riviera Maia - México


Entretanto eles merecem uma categoria específica, pois nesses mergulhos as regras do mergulho são muito restritivas e são necessários equipamentos, procedimentos e habilidades bem além dos treinados no mergulho recreacional. O principal motivo para que isso ocorra é que durante os mergulhos Técnicos ou de Caverna o mergulhador não tem acesso direto à superfície em todos os momentos do mergulhos, existe o chamado teto no mergulho.


Num mergulho dito recreacional, caso tenhamos algum problema treinamos a retornar para superfície quase que imediatamente, nosso treinamento e equipamentos são pensados desta forma, e isso simplifica em muito as coisas.


Lembre-se do seu treinamento, caso tenha um problema com sua fonte de gás, você treina a retornar para superfície com a ajuda ou não do seu dupla de mergulho. Caso tenha uma falha de equipamento, por exemplo, um débito contínuo ou free flow, acontece a mesma coisa.


Por outro lado durante mergulhos Técnicos ou de Caverna ou teto está lá impedido esse procedimentos. Esse teto pode ser físico como numa caverna ou fisiológico num mergulho técnico - nestes mergulhos ficamos mais tempo no fundo que o preconizado pelas tabelas de mergulho, então antes de retornar à superfície subimos em etapas quando fazemos a descompressão.


Nestes cursos usamos regras de redundância para equipamentos, refinamos as técnicas de mergulho, levamos muito além o planejamento de mergulho, aprendemos mais sobre os modelos descompressivos com os quais fazemos a programação da descompressão, aprendemos a gerenciar uma quantidade maior de equipamento bem como os aspectos de stress e risco destes mergulhos.


Os Cursos Técnicos e Caverna também são divididos em níveis onde vamos avançando em complexidade e dificuldade, abaixo um breve estrato dos cursos mais comuns:


Cursos Técnicos (as equivalências abaixo são aproximadas):


Cursos Caverna:

  • Cavern - nível de entrada apenas na área de luz

  • Intro to Cave - pode usar 1/3 do gás disponível, apenas no cabo principal da caverna

  • Cave Diver - pode usar 2/3 do gás disponível, realiza navegações complexas e travesias

  • Technical Cave Diver - amplia os limites de profundidade do mergulho

  • Multistage Cave Diver- aprende usar cilindros adicionais no mergulho

  • e muito mais

Estes cursos tem critérios mais rigoroso nos pré-requisitos de admissão, e nos critérios de avaliação de desempenho, tudo isso reflete a seriedade do ambiente onde serão realizados os mergulho, entretanto, não é por isso que estes mergulhos de treinamento são menos divertidos ou prazerosos que os de treinamento recreacional.


Este post vai ficando por aqui. Espero que estejam curtindo o tema. Na próxima semana teremos a terceira e última parte da publicação onde você vai ler sobre as certificações em níveis de reconhecimento e sobre o curso profissionais do mergulho recreativo. Acompanhe!!!!


Sobre o Autor Carlos Momoli

Engenheiro de Formação e Mergulhador desde 1998.

Mergulhador Recreacional, Técnico e de Caverna.

Trabalha com mergulho desde 2009.


11 visualizações0 comentário

+55-11-3863-2142

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon